MENU
OUVIR

Lançamento da plataforma ANIMAS

A Diretora-Geral de Alimentação e Veterinária, Susana Guedes Pombo, e o Presidente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Nuno Banza, apresentaram no dia 20 de dezembro a Aplicação de Notificação Imediata de Mortalidade de Animais Selvagens ( ANIMAS), que resulta da união de esforços entre a DGAV e o ICNF, com o apoio do Ministério da Agricultura e do Ministério do Ambiente.

A plataforma permite o registo de mortalidade de animais selvagens, e desta forma a notificação de animais selvagens encontrados mortos vai permitir:

  • Estabelecer valores base de mortalidade e limiares de alerta para as várias espécies;
  • Avaliar e identificar a necessidade de proceder a colheita de amostras nos animais mortos;
  • Permitir a remoção e eliminação de certos cadáveres mais rápida e eficiente;
  • Aplicar medidas de controlo adequadas e atempadas.

Ajude a proteger a saúde pública, animal e do ambiente. Notifique!

Para instalar a aplicação visite https://animas.icnf.pt.

Vídeo Explicativo

A DGAV – Direção-Geral de Alimentação e Veterinária e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas apresentam uma nova plataforma, criada em parceria, que permite o registo de mortalidade de animais selvagens.

Porque é importante o registo dos animais encontrados mortos?
Quando se conhecem os valores normais de mortalidade de uma espécie, é possível identificar situações em que essa mortalidade está aumentada e que precisam de ser investigadas. Nestas situações, as Autoridades Competentes devem atuar rapidamente, sendo, pois, necessário que sejam notificadas de imediato. Além disso, a mortalidade é um indicador fundamental para a deteção precoce de doenças de evolução aguda, como por exemplo a Peste Suína Africana em javalis.

Quem pode notificar?
Todos: médicos veterinários, agentes do SEPNA, guardas-florestais, vigilantes da natureza, caçadores, gestores de zona de caça, pescadores, investigadores e público em geral.

Como se notifica?
A notificação pode ser efetuada através do telemóvel, do tablet ou online.

Que espécies notificar?
Todas as espécies selvagens de mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes.

Com que dados se notifica?
Uma fotografia do cadáver, nas coordenadas geográficas do local onde se encontra e o preenchimento dos campos respetivos.

Para descarregar a aplicação visite https://animas.icnf.pt

Publicado em 20/12/2021


© 2021 | Direção-Geral de Alimentação e Veterinária